social sales ssi

Talvez você não saiba disto por não ser especialista em LinkedIn ou por não estar ativo por mais tempo na rede.

O SSI foi criado a partir de um estudo com 2.286 profissionais de vendas onde 643 disseram que novos negócios eram gerados a partir de novas contas, 554 de contas existentes e 1.108 dos dois (misto).

Em seguida, os hábitos de uso do LinkedIn deles foram combinados ao longo do trimestre. E essas atividades que garantiram o sucesso deles se transformou em uma ferramenta e tornaram-se o que chamamos hoje de SSI.

SSI significa Social Selling Index (em português IVS que significa Índice de Vendas Sociais) um índice criado pela LinkedIn (empresa) que funciona como um indicador de atividade (e não qualidade) sobre as tarefas que ajudam no posicionamento e conduzem a vendas aqui no LinkedIn.

Artigo O que é SSI ou IVS do LinkedIn e para que serve

Social Selling Index (SSI) é uma fórmula que mede a sua utilização do LinkedIn nas atividades que te posicionam e conduzem vendas.

Qualquer pessoa com uma conta aberta no LinkedIn pode usar gratuitamente o Social Selling Index (SSI) mas quem tira mais proveito é o pessoal de vendas, afinal foi criado exatamente para eles.

Veja como está o seu SSI hoje: https://linkedin.com/sales/ssi

Em meus treinamentos e programas de mentoria eu ainda ouço bastante:

Como eu posso melhorar o meu SSI?

Talvez a pergunta correta não seja esta mas sim:

Como eu posso melhorar as minhas atividades de vendas no LinkedIn?

E a resposta eu revelo agora.

Agora você já deve saber que o score SSI é baseado em 4 pilares e cada um pontua de 0 a 25 pontos:

  • Estabelecer a sua marca profissional
  • Encontrar as pessoas certas
  • Interagir com o Insights
  • Cultivar relacionamentos

Certo?

Existem atividades que você deve executar para melhorar cada uma delas para conduzir mais vendas e negócios, aumentando então o seu SSI.

Todos sabem que eu participei do programa InStruct em 2017 o qual fui reconhecido e certificado como um dos únicos 10 social selling experts na América Latina. A fonte nada mais é que o próprio LinkedIn – diretamente.

Indo direto ao ponto, aqui estão os ingredientes da fórmula:

Para ter 25 pontos em #1: Estabelecer a sua marca profissional:

  • Perfil completo (tendo todos os campos preenchidos com informações)
  • Multimídia anexada ao perfil (sim, agora Destaques e Mídias em Experiências)
  • Ter uma capa (a imagem de capa do seu perfil)
  • Competências endossadas (sério? com tão pouco uso é considerado)
  • Artigos e seguidores gerados a partir dos artigos (mesmo tendo baixo alcance conta)

Tenho certeza de que a maioria de vocês não sabia que era necessário postar em formato longo (antigo Pulse) e depois ter o engajamento dessas postagens.

Agora nós vamos descobrir os elementos do pilar #2: Encontrar as pessoas certas

Provavelmente você não conhecia algum deles:

  • Pesquisa de leads (não apenas procurando na barra de pesquisa do topo mas abrindo a página completa de pesquisa de pessoas)
  • Pesquisa avançada de leads (ok, esta você vai precisar do Sales Navigator)
  • Acessar o perfil dos leads (não apenas fazer a pesquisa mas entrar no perfil deles)
  • Receber visitas no seu perfil (atrair mais pessoas para ver o seu perfil).
  • Salvar leads (Novamente, Sales Navigator)
  • Dias ativo (número de dias que você usou o LinkedIn nos últimos 30 dias)

Se você já participou de algum treinamento ou curso meu você já sabia que deve entrar no seu LinkedIn TODOS OS DIAS e atrair clientes em potencial para o seu perfil.

#3 Engajar com insights, aqui estão os ingredientes:

  • Engajamento (reação, curtida, comentários, compartilhamentos que você dá e RECEBE)
  • Engajamento recebido em artigos (mais uma vez, o formato de artigo, como este artigo aqui, conta)
  • Compartilhamentos (conteúdo de outras pessoas que você publica em sua rede… Mesmo com o baixo alcance, conta)
  • Mensagens enviadas e taxa de resposta do InMail (como as pessoas aceitam às suas mensagens InMail, mais um recurso premium)
  • Grupos ingressados (o número de grupos que você entrou)
  • Contas salvas (novamente, outro recurso premium do Sales Navigator)
  • Exibições em pesquisa (o quanto você foi listado em pesquisas)

Tenho certeza de que a maioria de vocês não sabia que além de compartilhar um ótimo conteúdo e ter muito envolvimento era preciso participar de vários grupos.

E por último, os elementos do pilar #4 Cultivar relacionamentos:

  • Conexões (número de conexões, obviamente, quanto mais, melhor no entanto, pense em qualidade)
  • Conexões VP + (qualidade dessas conexões, no nível VP ou melhor)
  • Conexões internas (quão bem você está conectado DENTRO da sua empresa)
  • Taxa de aceitação para solicitações de conexão enviadas (sim! Isso conta)

Tenho certeza de que a maioria de vocês não sabia que você precisava estar bem conectado internamente e ter uma alta taxa de aceitação de convites de conexão.
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Embora eu tenha alcançado o maior SSI no Brasil (94) e conheça todas as atividades e pilares eu não me esforço mais em aumentar o meu SSI mas os resultados e o impacto que posso gerar em geração e fechamento de negócios com a plataforma.

No final do mês o número mais importante continua sendo saldo disponível para saque.

No entanto, ter métricas para a de onde você tira os clientes potenciais vai permitir que você esteja no caminho certo para conduzir vendas no LinkedIn.

Atualmente eu loto o meu pipeline de vendas usando 100% o LinkedIn e o meu SSI flutua entre 80 e 90, o número ideal para você talvez se considerar também um social seller SE você estiver traduzindo estas atividades em negócios – é claro.

Artigo publicado originalmente no LinkedIn